Santa Fé, enfim!

Si chicos, ahora estoy sola.

Resolvi continuar com o blog Trotamerica pra relatar a minha atual experiencia de intercâmbio na cidade de Santa Fé, na Argentina. Apesar de quedarme en un solo lugar (na maior parte do tempo) isso nao significa que eu não esteja mais trotando pela América.

Antes de chegar a Santa Fe, passei 3 dias em Buenos Aires com a minha irmã e cunhado e também me encontrei com a Mayara, minha companheira de intercãmbio, aluna de Adm da UFSC. Rescolvemos curtir a capital um pouco antes de partir pra nossa vida santafesina.

cementerio de la recoleta

23 mil passos em um dia

nat and steve

uma das muitas manifestações trabalhistas em BA

eu e mayara, “turixtas”, na casa rosada

e uma homenagem aos muitos gatos de rua que sobrevivem na cidade… esse aí tava cagando e andando pra mim.

Pois bem, agora estou sentada na minha cama, no quarto de número 13, o qual divido com más otras trés chicas, pero ellas no són argentinas, españolas o mexicanas sino brasileñas mismo. A residencia estudantil em que estou ficando, a chamada RAE 1 (muito famosa aqui na cidade, por sinal), habitam 34 alunos do programa de intercâmbio Escala Estudantil, sendo que dentre esse número, 22 são brasileiros. De resto, há um francês, dois espanhóis, 4 mexicanas, 1 marroquino, uma paraguaia e me parece que ainda tem uma chilena pra chegar.

Galera da RAE 1!

pelas calles de la ciudad qualquer noite dessas

madrugada de sinuca e boliche…

Há 3 dias na cidade, já deu pra conhecer muita coisa. Parece-me que já faz uns 15 dias que estou aqui!

Tive a grande sorte de conhecer um casal maravilhoso de Santa Fé durante a viagem ao Peru (previamente relatada neste mesmo blog!), o Pablo e a Candelária. Além de nos levarem pra um city tour no domingo e nos mostraram os famosos sorvetes artesanais da cidade, Pablo tem me ajudado muito com os meus problemas bancários e Candelária, com as dúvidas sobre a universidade. Eles são dois anjos! E fazem aulas de salsa num lugar perto de casa e muito barato! Acho que voy empezar a bailar salsa con ellos, por que no?

pablo e candelária, os santafesinos mais amáveis!

Além de toda a assimilação com a nova casa, com as 33 pessoas com quem vou conviver pelos proximos meses, com as tarefas domésticas por realizar e os pepinos burocráticos de visto, banco e  universidade ainda pendentes; há assimilação constante com a nova língua. Tudo bem que é espanhol, ah vai! Mas vocês não fazem idéia como queima neurônio ter que aprender na marra essa língua, desde o “bom-dia” até 0 “boa-noite”. A experiência tá sendo muito rica e desafiadora, principalmente por conta das coisas triviais com que temos que lidar hablando español, tipo cozinhar juntos ou fazer alongamento.

Sim! Alongamento! Com medo de passar um semestre fadada aos alfajores artesanais e ao doce-de-leite, me disciplinei a fazer toda manhã os exercicios de alongamento que eu fazia nas aulas de dança afro em Floripa. E em uma dessas práticas, consegui recrutar alguns membros da casa também! Usamos o espaço da lavanderia pra ter mais privacidade e fugir do sol do pátio. Eles, então, me fizeram de professora e me puseram na frente de todos pra que eu ensinasse (?) os movimentos corretamente. Mas o mais engraçado é ter de fazer isso em espanhol!! Imaginem eu tentando explicar as posições “mesinha” e “cagar no mato”…

diossana e jordi

marcos y jasnin

horacio y mayara

jugando sueca

y fernet… bebida tipica daqui que se toma com refrigerante e tem um gosto horroroso de propolis, rs

E depois de já acostumada ao ritmo novo de vida, há mais uma coisa com que se acostumar: a universidade!

O medo de não conseguir cursar disciplinas em outra língua ou de não acompanhar as matérias (aqui dizem que são bem mais puxadas!) é coletivo. Mas consegui matar um pouco desse medo hoje, afinal foi meu primeiro dia de aula. Depois de conversar com o coordenador, selecionar as disciplinas que cursarei nesse semestre (Taller de Grafica Digital e Antropologia Cultural), ele nos mostrou o predio e tudo o que diz respeito à vida universitaria na Facultad de Diseño y Arquitectura y Urbanismo. Eu e as 4 meninas da Arquiterura que moram comigo na RAE 1 fomos assistir à nossa primeira aula, a oficina de Grafica Digital. Apesar de ser aula introdutória, gostei muito da ementa e da metodologia da disciplina. E melhor, entendi a professora!!! Re buenoooooooo!!

rio setubal, em frente à faculdade

Uma coisa interessante sobre as universidades públicas na Argentina é que, além de serem todas gratuitas, elas não possuem nenhum exame de aceite, tipo vestibular. A entrada é livre! Qualquer um que queira entrar numa universidade, pode. Simples assim.

Essa foi uma conquista ocorrida em 1918 depois de muita luta popular. Claro que além de suas vantagens há também os problemas. Como, por exemplo, a super lotação. Somente no curso de Arquitetura da UNL há 3.500 alunos. Design, um pouco menos: 2.000 alunos. Hoje passei numa sala que parecia o inferno materializado! Imagine uma sala de cursinho do Energia. Multiplica por 5. Dios mio! Era uma aula que tava tendo de alguma matéria teórica que, justamente por ser teórica e nao precisar de equipamentos, computadores ou ferramentas de desenho, eles amontoaram todas as almas que encontraram dentro daquele recinto.

Bien, pueblo y puebla, creo que esto seja todo. Escrevi bastante, claro que muitas coisas ficaram de fora, mas dá um desconto aí, estou apenas iniciando a jornada. E em 10 min tenho que sair pra milonga, há!!!

Até o próximo post!

Besos da mujer basorera.

Anúncios

6 pensamentos sobre “Santa Fé, enfim!

  1. Biieeen! Ya estás aprendiendo a hablar mejor español! ;D
    Então, são muitas coisas para comentar..(mas como estou no meio da aula de “tratamento de imagem” com a “hehehe”) vou só dizer que no Uruguai também é assim! Na verdade que eu saiba você só pode cursar faculdade se tiver concluido o ensino médio, e pelo menos no uruguai todo final do ano (em todos os anos na escola) tem uma super prova sobre tudo e é bem difícil passar, então quem consegue terminar o ensino médio teoricamente tem capacidade de fazer faculdade. Porém as coisas estão mudando e não tá sendo tão difícil assim de passar, aí a solução está sendo deixar a faculdade o mais difícil possível para ir “eliminando” quem não consegue acompanhar.

    e é isso aí!
    luiza culturalizando você!

    me voooyyy
    (“hehehe” se aproximando..)

  2. Ahh sério que aí é cheio de catitos abandonados? Cara que triste… não gostei de Bu ! snif . Cuida deles…

    Adorei as fotos!!!

    besitos amada!

  3. AÊÊÊ BÉTE!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    cara! aproveita muito pq a merda é que passa rápido!!!
    e qualquer dia desse chegará um postal hein??? fica de olho!!!!!!

    bisous!!!!!!!!!

  4. Zucaa, o melhor da América vem agora, com seus comentarios da vida cotidiana…

    Apesar da superlotação de brasileño(a)s na RAE1 certamente seu contato com a lingua e os costumes locais nos farão ter outros olhares… e pode estimular outros troteiros a fazer intercambio aí… ou até facul, depois dessa dica do direito universal, de fato.

    Fiquei tocada com sua sinceridade em admitir a dificuldade com a lingua… muita gente tende a achar moleza hablar espanhol mas isso é outro mito… a escrita é um pouco pior mas até ela vc está conquistando… Adelante!

    As fotos… estão demais!!!
    Que dureza ficar olhando praquele rio durante as aulas, hein?? ahahahaha

    Espero por mais noticias.
    gde abraço!!

    • me chamo , marcia moro em curitiba minha filha de 21 anos esta indo agora ate dia 16 de agosto pela universidade federal do parana, ela faz engenharia cartografica . como e ai tem pessoas legais e a casa do estudante , e boa sendo que ela ja foi conhecer mais ou menos por ai , eu como mae estou preucupada por favor me respondam . desde agradeco e desejo sucesso !!! a todos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s