Enfim… Naturaleza!

Uh! Uh! Uh! Que beleza! 
Uh! Uh! Uh! A natureza…

Laguna Chiarkota cerca de La Paz

yo y la laguna Chiarkota!

Despues de 5 dias em La Paz, no domingo (10/01) eu e Eder fomos fazer uma trilha hasta laguna Chiarkota (5.2000 de altitude). O restante nao foi por causa da caganeira, como mencionado no post anterior 😛

Conheci o Freddy, residente de La Paz, atraves do CouchSurfing (www.couchsurfing.com). Pra quem nao sabe, CouchSurfing eh um site de viajantes onde voce oferece acomodacao ou apenas mostra a sua cidade para os estrangeiros, e vice-versa. No meu caso, escrevi pra diversas pessoas de La Paz para ver se alguem topava nos mostrar a cidade e dar dicas legais e, como sempre, alguns respondem e outros nao. Freddy prontamente se dispos a nos conhecer e na quinta a noite saimos para um bar e na noite seguinte fomos numa “boate” local com outros membros do CouchSurfing (colombianos, neo-zelandesa e argentino). Dancar musicas bolivianas e assistir a uma banda local ao vivo foi bem legal 🙂

Entonces no domingo organizamos uma ida com os CouchSurfers ate a Laguna Chiarkota, um lago a umas 2h de La Paz aos pes da Cordilheira Real. Fomos com uma van privada porque pra la nao existe transporte publico e fechamos um grupo de 8 (eu, Eder, uma alema, uma neo-zelandesa, uma america, um frances, um espanhol e Freddy), dando 50 bolivianos pra cada um. A van custa 400 bolivianos porque o cara fica la o dia inteiro esperando a gente voltar pra nos trazer de volta, entao quanto mais gente pra ratear o passeio, mais barato.

inicio da trilha

 O lugar eh simplesmente fantastico. Caminhamos cerca de uma hora e meia pra chegar ate a lagoa. No caminho passamos por uma parecida, soh que menor.

eu e a lagoinha, a lagoinha e eu

No caminho eh possivel ver as montanhas nevadas da Cordilheira Real e muitas lhamas!

lhama pomposa posando pra foto ou fingindo que nao era com ela

silhueta de lhama

Filetes de agua pura, cristalina e gelada cortam o nosso caminho o tempo todo.

apesar de congelante, impossivel resistir

Chegando na Laguna, decidimos subir o monte que fica ao lado da mesma. Ficamos na duvida a principio de subiriamos ou nao porque a altitude nos estava prejudicando bastante. A cada passada que davamos, parecia que estavam nos dando um soco no peito, era muito dificil de respirar. E quanto mais ingreme o caminho, mais complicado…

Pero nao somos de desistir e topamos a jornada.

enfrentando o frio e a altitude na subida do monte

Digo-lhes que foi uma das coisas mais dificeis que ja fiz na vida! A cada passada dava vontade de cair no chao e morrer, era simplesmente impossivel continuar subindo. Com muito orgulho, eu e Eder subimos ate a metade! Apesar do Eder ter ficado dormindo numa pedra um pouco mais embaixo enquanto eu lutei por mais alguns metros acima.

ainda viva

morta.

Goticulas de chuva vinham das nuvens do topo dos picos nevados e em um certo momento ela comecou a aumentar. Desci o caminho com o poncho numa boa e nos abrigamos la embaixo numa casinha que serve de refugio para os amigos do Freddy, que de vez em quando escalam os picos nevados logo a frente.

vista do lago, debaixo do meu poncho

CouchSurfers!

Retornamos a trilha mais lentamente por um caminho diferente (eu, Eder, a neo zelandesa e o Freddy) pra curtimos a natureza e o fim de tarde.

voltando do lago, esse aih eh o Eder

surpresas agradaveis ao longo da descida

e mais surpresa: uma cholinha aparece do nada atravessando o rio correndo pra ir de encontro ao nosso grupo

a cholinha, o menino e o cao param e observam o grupo ir embora...

Na reta final para a van, um arco-iris magnifico veio nos cumprimentar.

retornando pra van (um ponto branco no fundo da foto)

o arco-iris nos cumprimentando e a gente cumprimentando-o de volta

Se tiverem a oportunidade de visitar esse lugar maravilhoso um dia, haganlo!! Essa eh a minha deixa de hoje 🙂

Hasta luego pueblo.

Bett

Anúncios

5 pensamentos sobre “Enfim… Naturaleza!

  1. Bettina, nós também ficamos sem ar ao ver suas fotos! Belíssimas! Estou enganada ou a lhama botou uma gravata borboleta vermelha pra sair na foto? ahahahahahaha!!! E a foto da cholita atravessando o rio?? 10 procê!!!
    bj grande!!

  2. Minha filha querida!!! Uau! que fotos lindas!! PARABÉNS!
    Mas juro que se vc tivesse aqui agora te dava uns bons tapas!! Como vc pode ser tão irrepsonsável e subir a montanha quase morrendo com falta de ar??
    Minha filha isso não é brincadeira!!!!
    Desse jeito voce me mata do coração!!
    Que carinha linda da lhama!! coitadinhas… viram todas tapetinhos!!!
    Beijão prá todos voces e fiquem com DEUS!!

    Aqui na imobiliária tá todo mundo mandando um beijo grande. Miriam disse que vai entrar todos os dias no teu blog e que amou as fotos!

  3. Oi sou Neide. tia da Rafa, tenho acompanhado vcs desde o inicio! Maravilhosas suas fotos, perfeito registro deste santuário, entretando ,concordo com sua mãe, cuidado não abuse, fiquei gelada ao acompanhar seu relato, não esqueça seus limites!!! Bom final de viagem, e parabéns pela coragem e ousadia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s